o Voto

A boca ainda amarga um pouco o gosto do etanol barato da noite passada. Espero não ser sinal de um resfriado vindouro (ainda mais depois de ter passado duas horas em alta madrugada me escondendo da chuva repentina e torcendo pelo primeiro ônibus do dia, ou carona de um conhecido, de uma ambulância, de um camburão, de QUALQUER coisa), mas minha cabeça dói.
E vai doer ainda mais…

Lá vem…

Uma maldita e barulhenta carreata intitulada “carreata da vitória” se aproxima. Fico me perguntando que espécie de acordo escuso pode ser capaz de tornar aliados dois bicudos como um candidato peemedebista ao cargo de deputado estadual (pela milésima vez) e um senhor feudal, digo, um prefeito petista de cidade do interior, que já protagonizaram interessantes discussões.

Lá vem…

O jingle mais irritante da história fica cada vez mais alto.
Fogos. Fogos. Beijinhos e acenos (tchauzinhos cínicos, sorrisos plásticos).
E mais fogos.

Tento me distrair lendo o blog do Marcelo . E lá está… a letra. Lá está… a música.
Faço o download. Aumento as caixas de som.

Lá vem…

Dou o play.

Estão chegando.

A voz surge entre as guitarras com os versos “imagine uma eleição em que ninguém fosse eleito” e “seja alguém, vote em ninguém”.

E lá vão eles. Sem sequer apertarem a campanhia de meu barraco.

Felizes somos nós que, em 2006 – 25 anos após “Vote em Branco” ter sido composta pela Plebe Rude – podemos cantá-la sem a preocupação de sermos presos por isso (como os integrantes da banda, naquele clássico episódio de Patos de Minas, em 1982).
**********


Imaginem uma eleição em que ninguém fosse eleito
Já estou vendo a cara do futuro prefeito
Vamos lá chapa, seja franco
Use o poder do seu voto, vote em brancoVote em branco!

Seja alguém, vote em ninguém
Seja alguém, vote em ninguém
Seja alguém, vote em ninguém

Esquerda direita, em cima em baixo
Você assim e eu assado
Quando vamos para de tomar lados?
Quando vamos parar de ser enganados?

Enganados!

“Você está sentado no bar, num happy hour tomando um choppinho no fim de tarde, quando entra um cara cantando ‘Seja alguém / Vote em ninguém’. Você olha pra ele, não presta atenção, acha que é um louco. Agora, duas pessoas. Duas pessoas entrando no mesmo bar cantando ‘Seja alguém / Vote em ninguém’. Vão achar que são dois palhaços, ainda não vão prestar atenção. Mas agora são dez pessoas em volta do bar marchando e cantando ‘Seja alguém / Vote em ninguém’. As pessoas vão colocar os seus chopps na mesa e vão prestar atenção. Elas vão achar que é uma gang. Agora temos 100 pessoas andando pela rua e cantando ‘Seja alguém / Vote em ninguém’ atraindo mais e mais pessoas. As pessoas vão ver que é um movimento, elas vão aderir. E é isso mesmo. Elas querem mandar uma mensagem. E a mensagem é essa: Estamos de saco cheio de não sermos representados. Estamos de saco cheio de só sermos lembrados de quatro em quatro anos quando vocês querem nossos votos. Vocês não nos representam, por isso vamos ser alguém e votar em ninguém”.

[Vote em Branco – Plebe Rude].

**********

ps.: diz aí, Carina… em quem seu pai vai votar? hehehe

3 Respostas to “o Voto”

  1. Carina Says:

    Hahahahá não precisa espalhar que meu pai já foi preso rapaz… kkkkkkkkkkkkkkkk
    Fiquei 1 dia ai e já to qse esganando o Délio, não agueeento mais a música e a tal da carreata da vitória!
    Vou baixar essa música, nunca ouvi, só vi a comunidade!
    E não sei em quem ele vai votar, não deve votar em ngm msmo… Ou na Lolô, sei lá! kkkkkkkkkkkkk Só sei que vou aproveitar que não sou obrigada e num vou votar em nada!
    Bjão Geoorge😉

  2. Jorge Wagner Says:

    “votar em nada”, “votar em ninguém”… é bem filha do Jander mesmo! kkkkk

    e quanto ao “que música ruim” que vc disse no msn, relaxe! seu pai deve ter culpa na composição, mas não está na gravação, que é do cd novo da Plebe, com o Clemente na guitarra.

  3. Carina Says:

    Temos que levar em conta tbm que ele era uma criança tadinho… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Mas não estou certa se ele compunha mta coisa…
    E tenho q aproveitar neh… minhas regalidas ‘di menoooh”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: