Pequenas considerações em aberto (p/ Lu)

Ok! Sei que tem virado hábito e que hábitos tendem à rotina, mas… como evitar?! Todo final de mês, mais precisamente todo dia 29, me ponho a escrever basicamente sobre as mesmas coisas: o quanto estou feliz; o quanto sou feliz; o quanto você me faz ser e estar assim; e o quanto, a cada instante, tenho ainda mais certeza de que quero ver realizado meus pequenos planos para longo prazo.

(Apenas quatro meses, e já estou parecendo meu coroa, com sua mania de… surpreender minha mãe, dando buquês de rosas como presente de aniversário.)

Não é preciso ser muito esperto para perceber o quanto as coisas mudaram ao nosso redor, o quanto eu mudei, o quanto você mudou durante esse tempo.
Nada é exatamente a mesma coisa que era até 28 de maio de 2006.

Pouco tempo Eu sei. Nós sabemos. E a cada dia que passa, esse tempo parece ser ainda menos diante do que temos pela frente.

Juntos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: