sumiço, natal etc.

Ok, eu sumi. Sem condições de pensar em atualizar um blog quando você está com a casa em obra, a namorada doente e com os miolos fritos debaixo de um calor de 39 graus antes mesmo do início do verão (que, se só começa oficialmente hoje… imagine o que está por vir!).

Só para dizer que não escrevi nada sobre as comemorações natalinas, reproduzo abaixo a “mensagem” que escrevi para os amigos do orkut:

Já que você finge que se importa com os outros…

Chegamos ao término de mais um ano. A Terra deu mais uma volta em torno do sol e… (olha que legal!) você não morreu… ainda!

25 de dezembro é o dia em que convencionou-se comemorar o natal, que a princípio seria a comemoração do nascimento de Cristo, mas que você e a maioria das pessoas que você conhece utiliza apenas como pretexto para dar uns telefonemas e torrar o 13º comprando presente para aquela pessoa chata que – ainda bem – você só finge que se importa quando chega o final de dezembro, torcendo para receber alguns em troca também. Ah! Não podemos esquecer de outra grande utilidade do natal: tirar a barriga da miséria comendo o máximo que puder, e ficar o mais bêbado possível – tudo, óbvio, sob a desculpa de que é uma “data de confraternização”.

Já que você fica assim… tão imbuído desse “espírito cristão” (você não vai dar o braço a torcer e admitir que tudo que você quer é ficar bêbado e empanturrado, não é mesmo?), quero sugerir uma coisa: faça algo REALMENTE útil, algo realmente HUMANO e muito mais bonito que dar um carrinho de controle remoto pro chato do seu sobrinho!
DOE SANGUE!
Simples: dia 22 de dezembro é uma sexta-feira. Saia mais cedo do trabalho, passe no hemocentro mais próximo de sua casa e, em alguns minutos, você terá feito algo muito mais sadio do que simplesmente dar os malditos telefonemas para aquele monte de gente com quem você só fala no mês de dezembro.

Depois de ter feito isso, faça o de sempre: dê os tais telefonemas (e se gabe com o cunhado por você ser uma boa pessoa, não tem problema!), dê e ganhe (ou não) os presentes, vá para a casa da sua vó (ou mãe, ou tia, ou amigo, sei lá), coma ainda mais do que o costume (afinal, você doou sangue! você PRECISA se alimentar!) e – e esse é o ponto mais interessante para você, meu amigo gambá – BEBA! Você vai ficar bêbado com menos esforço que todos à sua volta, e vai poder até fazer aquela piadinha ridícula: “tem muito sangue no meu álcool”!

Então… feliz natal pra você, né?

Jorge Wagner Mello de Andrade
******

Psiu… dia 22 é amanhã, viu?
Falando sério, que tal fazer algo de útil ainda em 2006?! Ainda dá tempo!

Anúncios

Uma resposta to “sumiço, natal etc.”

  1. karen Says:

    Eu doaria sangue se eu não cagasse de medo de agulhas. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: