David Usher

David Usher nasceu em Oxford, na Inglaterra, em 24 de abril do ano que os Beatles lançaram Revolver. Filho de mãe budista e pai judeu, estudou Ciência Política no começo dos anos 90 na Simon Fraser University, em Vancouver, pouco antes de ingressar profissionalmente no mundo da música à frente dos vocais do Moist.
Com a banda, lançou os discos Silver (1994) e Creature (1996) antes de se lançar em carreira solo, em 1998, com Little Songs. Quatro anos depois de Creature, em 2000, saia mais um disco do Moist, Mercedes Five and Dime.
Em carreira solo, Usher lançou ainda Morning Orbit (2001), Hallucinations (2003) e If God Had Curves (2005), além de ganhar 5 Junos (o Grammy canadense), incluindo a categoria Melhor Álbum Pop de 2002.
Dono de uma voz das mais agradáveis, autor de belas canções – que passam pelas letras e chegam aos arranjos, Alternative Pop de extrema qualidade, com o lado “orgânico” da banda fluindo bem através de muitos violões, outras cordas aqui, sopros ali etc, e ainda fazendo bom uso de recursos eletrônicos – David Usher é protagonista de um daqueles casos clássicos em que não conseguimos entender a razão pela qual tão pouca gente conhece seu trabalho por esses lados do Atlântico (experimente procurar por um ÚNICO texto em português sobre o sujeito!).
Assim como no caso dos suécos do Eskobar e do Kent, nossos ouvidos são os maiores perdedores.

***

Assista o clipe de Surfacing, um dos singles de Hallucinations:

Ouça aqui a versão de Usher para If You Tolerate this Your Children Will be Next, da não menos ótima (e também não tão conhecida quanto merecia) Manic Street Preachers, e aqui, Love Will Save The Day, single de If God Had Curves.

Se você baixa arquivos via torrent, pode aproveitar e pegar a discografia do sujeito aqui. Tem todos, exceto Strange Birds, que sai em março desse ano, como consta no site oficial do David.

2 Respostas to “David Usher”

  1. solange Says:

    Oi!
    Achei no You Tube e não paro de ouvir o cara, gostei demais. Abraço

  2. Mariana Says:

    Eu procurei textos em português e caí direto aqui. Estou apaixonada pela música dele. Comecei ouvindo Black Black Heart e acabei baixando todo o CD Morning Orbit. Quero baixar mais. Também achei incrível um artista como ele não fazer o sucesso que deveria. Vou recomendá-lo no meu blog também!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: