A mordaça do Robertão

O Takeda, há algum tempo, comparou seu gosto por Caetano Veloso ao seu gosto por pepinos. “Até como um de vez em quando no meio do meu Big Mac. Mas isso não significa que eu goste de pepinos”, disse. Pois para mim, pepino mesmo sempre foi Roberto Carlos. No meio de “Big Macs” até que passam uma ou outra composição, uma ou outra interpretação, alguns arranjos e risadas proporcinadas pela dancinha ao lado do MC Leozinho enquanto esse cantava “Se Ela Dança, Eu Danço” acompanhado por uma orquestra caprichada, fazendo coroas globais perderem a linha na platéia. Pouco importa: a única pessoa com cabelo de poodle que eu já admirei foi MacGyver de Profissão Perigo, mas isso quando eu tinha cinco anos e tentava fazer bomba usando goma de mascar.
E pode argumentar com o que quiser: relevância histórica (comecei um trabalho sobre Tropicália sem ter um único disco do Caê, o que significa que sei dividir gosto pessoal de reconhecimento histórico), recordes de venda (Arctic Monkeys vendem absurdos, mas nem tente me convencer que aquilo presta) e tudo mais: juro que já até tentei, mas não gosto de Roberto Carlos. Não adianta. É fato.

Respeito. Ok! O cara merece respeito assim como qualquer outro ser humano. Merece tanto respeito quanto você, eu, o porteiro do seu prédio, a caixa de supermercado e o biógrafo. Sim, claro. Roberto Carlos merece tanto respeito quanto Paulo César de Arajújo, que você sabe, depois de 15 anos escrevendo a história de um cantor que tinha como ídolo, foi judicialmente proibido de comercializar o resultado do trabalho de uma vida inteira. O doutor mandou e a editora Planeta foi obrigada a entregar para RC cerca de 11 mil exemplares que tinha em depósito, além de ter 60 dias para recolher os exemplares que estão no mercado. Um ato tão estúpido que chegou a arrancar de Paulo Coelho uma declaração sensata (e quer algo mais surreal que uma declaração sensata vinda de Paulo Coelho?!): “Continuarei comprando seus discos, mas estou extremamente chocado com sua atitude infantil”.
Pois eu não vou comprar seus discos, levando em conta que nunca fui mesmo de fazer essas coisas. Mas na condição de alguém que se sentiria extremamente desrespeitado ao ser proibido de comercializar o resultado de anos de dedicada pesquisa e trabalho sério, somo minha voz ao coro dos que se mobilizam contra a injusta e desnecessária mordaça de RC.


baixe Roberto Carlos em Detalhes aqui

Agradecimentos ao Escriba, pela gentileza de divulgar o link.

8 Respostas to “A mordaça do Robertão”

  1. karen Says:

    Muito bem, JW!

  2. Freak In The Sky Says:

    O que eu tenh a dizer além de que concordo contigo? Bom…veneram o Pelé porque ele jogava muuuito futebol. Mas não é essa a função de um jogador? O Roberto Carlos é venerado pq canta bem…mas essa não é a principal característica de um cantor? Não entendo o endeusamento desses dois seres, não sei o que há na mente desse povo pra chamar um cantor de “Rei” e nem vem que as composições dele são tão previsíveis quanto um pagodinho. Tem mesmo é que divulgar tudo, imagina quanta coisa não tem aí na vida desse “Rei” tão imaculado pra gente descobrir.
    E um viva ao Paulo César de Araujo!

  3. Jorge Wagner Says:

    na verdade eu até acho que a gente deve honrar quem se destaca na atividade que se propõe a fazer, como foi o caso do Pelé.
    já no RC, eu nem o vejo como grande cantor, apesar de reconhecer a qualidade de algumas de suas composições e, em especial, de vários arranjos (que aliás não são feitos pelo cantor, então a honra não é para ele…).
    curioso é que o livro não foi escrito com esse propósito “maléfico” de “a-ha! vou desenterrar os podres desse cara que chamam de Rei”, mas de contar a vida do cara, explicar como que a figura Roberto Carlos se tornou o mito, o “Rei”…, e o cara não reconhece o esforço desse trabalho!
    repito: foi estúpido e desrespeitoso ao extremo!

    e viva PC Araújo!

  4. Sertório Says:

    não!
    não!
    não posso mais ficar ,não não nãoW!
    Eu baixei outro dia um CD dele. Não sabia muito o que pretendia a Jovem Guarda. E continuo não sabendo.
    Não!Não!…

  5. honey Says:

    eu sempre fui criticada por não gostar de rc
    eu acho que ele não deveria cantar

    adoro as musicas dele cantadas por outros artistas, o que prova que ele deveria ser só compositos – nada mais q isso

  6. iheardyoulooking Says:

    rolou uma proposta feita pelo advogado do autor para o “Rei” tirar as partes que lhe incomodava da edição final. Ele não aceitou com a alegação de que isso seria censura. Mas proibir o livro inteiro também não é censura?:\

    RC é legal a fase da Jovem Guarda dele… rock descompromissado e divertido😉

    e tche, valeu pelas dicas ;D

  7. natália Says:

    até hoje não entendo pq chamam ele de Rei…

  8. $anchor$basketball Betting,final Four,final Four Betting,final Four Gambling,final Four Sports Book,final Four Sportsbook,march Madness,march Madness Betting,march Madness Gambling,march Madness Sports Book,march Madness Sportsbook,ncaa,ncaa Betting,ncaa Says:

    $anchor$basketball Betting,final Four,final Four Betting,final Four Gambling,final Four Sports Book,final Four Sportsbook,march Madness,march Madness Betting,march Madness Gambling,march Madness Sports Book,march Madness Sportsbook,ncaa,ncaa Betting,…

    $anchor$basketball Betting,final Four,final Four Betting,final Four Gambling,final Four Sports Book,final Four Sportsbook,march Madness,march Madness Betting,march Madness Gambling,march Madness Sports Book,march Madness Sportsbook,ncaa,ncaa Betting,nc…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: