algum tempo

Ela foi sua primeira paixão em muito tempo. A primeira vez em tempos que sentiu-se humano, que se importou com algo e com alguém. Foi ela que o fez pensar “talvez valha a pena levar isso à diante!“. Foi ela quem o fez, pela primeira vez em anos, se sentir feliz, se sentir completo, acreditar novamente em si mesmo e no mundo.

Mas o tempo passa, as coisas mudam, e pela primeira vez ele soube que nunca até então havia sido tão triste quanto passou a ser depois que, por alguma razão, o que houve entre eles acabou.

Perdeu a razão, perdeu a cabeça, perdeu a dignidade. Fez coisas das quais não se orgulharia, quis esquecê-la da maneira errada, bebeu de cair, a seguiu, implorou. Perdeu a voz, o orgulho, o sorriso. Demorou algum tempo para entender que, apesar de tudo, não era o fim da vida, o fim de sua humanidade, de seu amor. Demorou algum tempo para entender que, se essas coisas não haviam morrido, deveriam portanto aprender a conviver em meio a uma única, estranha e bela forma de amizade.

Faria um ano hoje desde aquele dia em que ela pareceu brilhar mais que qualquer outra. E em uma semana, um ano desde o dia em que ela aceitou e o presenteou com alguns dos melhores meses que ele jamais havia pensado em ter.

Não muito longe um do outro, talvez agora ela durma, como após um longo e cansativo outro dia qualquer. Ele porém gasta algumas horas lembrando, e, ao levar suas mãos ao rosto, poderia jurar sentir nelas o perfume de sua pequena. Respira fundo e sorri: não se trata de impressão.

Ela talvez agora durma. Ele, sem sono, finge ser de outro uma história que é só sua.

4 Respostas to “algum tempo”

  1. lao Says:

    BONITO ISSO EMBORA UM POUQUIN TRISTE-
    INTERESSANT COMO DEMONSTRA SEU SENTIMENTO EM UMA FORMA POÉTICA,TRISTE E BONITA PQ NÃO .
    É MEU CARO WAGNER ELE EXPRESSA MUITO BEM SEU SENTIMENTO DE FORMA SIMPLES E CLARA -ÉH…

  2. Carina Says:

    Ai que bonito, quase chorei! o.O
    Às vezes a vida é assim, fazer o que? Vale é ser feliz enquanto se pode…

    “não é o fim do mundo, é só o fim de tudo, que somos nós…”. Lembrei disso!

    bjocas Jorge! Já tá chegando o niver de novo hein!
    E, se pensar bem, quantas coisas acontecem em 1 ano… =)

  3. Jorge Wagner Says:

    caraca, 23 anos… velho pra cacete! rs

    e sobre 1 ano… muita coisa mesmo, ô loco!

  4. karen Says:

    triste, mas bem bonito. 🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: