Archive for the ‘absurdos’ Category

Suicídio no Metrô, censura e insegurança no Pan

abril 30, 2007

No dia 09 deste mês de abril, no horário do rush, um sujeito comenteu suicídio se atirando na frente do metrô sentido Zona Sul, na estação da Cinelândia, Rio de Janeiro. O fato resultou na interrupção da circulação dos trens por aproximadamente uma hora, com direito a clientes sendo escoados, caos refletido no trânsito e tudo mais.
Bem, eu não sabia disso, e é provável que você também não. Não vi na tevê, não li em jornais. Afinal, não houve mesmo qualquer menção do acontecimento na imprensa (soube disso através de um amigo, e acabei encontrando confirmações aqui e ali).

Victor “Pará”, um amigo paracambiense estudante de engenharia da Uerj que, ainda novo, levou uma pedrada na cabeça e quase morreu (e por conta disso tem um certo descontrole no volume de sua voz – começa a conversar baixo e daqui a pouco está gritando mais alto que um pregador de uma igreja pentecostal sei-lá-o-quê) e costuma ter opiniões bem radicais sobre o que chama de “queixas em relação as mazelas nacionais”, por email, levanta uma questão interessante:

“Me preocupa a postura dos jornalitas diante da situação atual. O ministro Gushiken tentou implantar uma lei de censura. Logo após foi tentada a criação do CFJ(Conselho Federal de Jornalismo) para controlar as atividades não só de jornalistas mas de todos os profissionais de mídia – de apresentadoras de programas infantis a autores editores de revistas -, e agora vemos casos de “mordaça” como o do metrô. O governo fala em mudar a constituição para aumentar o mandato do presidente, há casos de quebra de hierarquia nas forças armadas além do problema das guerrilhas mantidas pelos traficantes (criadas pela esquerda durante os governos militares) contra grupos paramilitares (as milícias). Temo o quem pode estar vindo por aí…

Faltando apenas três meses para os jogos pan-americanos, a mídia se cala, ocultando a incapacidade do sistema viário fluminense, e a sua falta de preparo diante de situações de emergência como acidentes e ataques terroristas. Afinal, da mesma forma que o homen se matou, ele poderia ter detonado uma bomba e parado toda a cidade com isso.”

Alguém discorda?

=(

janeiro 6, 2007

Momento triste:
O primo de um bom amigo cometeu suicídio hoje mais cedo. Deixou um bilhete de despedida, algumas fotos misteriosas no orkut e mudou o nome dele no perfil para “R.I.P. 1981-2007“.
Sofria de depressão desde a adolescência. Agora já não sofre mais. Mas… e os que ficam? E os parentes? E os amigos?
Por maior que seja sua tristeza, é justo acabar com sua dor assim e deixar todos que gostavam de você com esse estranho sentimento de perda para o resto de suas vidas?

É esse tipo de coisa que me faz pensar…

Força, Kleber! Estamos aí, meu irmão!

o grande (e injustiçado) disco de 2006

janeiro 2, 2007

2006 acabou. E agora é a época em que, para a alegria de uns e angústia de outros, começam a pipocar por aí algumas dezenas, centenas de listas de melhores e piores do ano – das mais chatas às mais divertidas.

Uma injustiça que fatalmente acontecerá é que, no quesito “Disco do Ano”, a maioria dessas listas deixará de fora o belo Make Me Armored, dos novatos The Scourge Of The Sea – uma banda tão bacana que, se fosse devidamente noticiada, não tenho dúvidas, conseguiria uma boa dúzia de fãs por esses lados (infelizmente, alguns de nossos maiores formadores de opinião passaram 2006 mais preocupados em vender coisinhas como Arctic Monkeys e tosquices como Cansei de Ser Sexy).

A coisa é tão complicada pro lado do TSotS que até eu, que agora estou aqui chamando Make Me Armored de “disco injustiçado”, mesmo já tendo falado deles (ainda que rapidamente) por aqui, cheguei a deixá-lo de fora da lista que enviei para o Mac, do Scream & Yell (erro corrigido alguns dias depois – e o Graham Coxon, o excluído, que me desculpe).

Pois então, faça assim: se você ainda não fez a sua lista, ouça essa banda primeiro.

Eu (que agradeço ao Young por ter conhecido a banda), siceramente, espero que um dia o TSotS alcance o reconhecimento que lhes é merecido.

Má notícia, crianças…

dezembro 24, 2006

Papai Noel morre em festa de crianças na InglaterraLondres – Crianças observavam com horror quando um Papai Noel caiu e morreu enquanto distribuía presentes em uma festa de Natal no último domingo, na Inglaterra. Andrew Robertson, 82 anos, foi levado para um outro quarto depois de cair, afastado das crianças, mas foi considerado morto quando os médicos chegaram.

Robertson vestia-se de Papai Noel na festa de Natal do clube de boliche de Broughty Castle há muitos anos. “Andy era uma figura paterna. Qualquer coisa que era pedida para ele, ele fazia”, disse Ian Smart, secretário do clube.

Uma criança perguntou como iriam ganhar presentes no dia de Natal se o Papai Noel estava doente. “As crianças sabiam que algo estava errado, mas não viram muito”, disse o secretário.

fonte: O Dia

– Ho… ho… oh! Ah!
Ploft!
– Ô tííííío! Comé quieu vô ganhá presente si Papai Noel… MORREU?!

Isso deve ser extremamente traumatizante…

Programinha de Entrevistinha na Tevêzinha!

dezembro 5, 2006

Ex-governadora do Rio vira apresentadora da Band 

A Bandeirantes confirmou ao Comunique-se nesta segunda-feira (4/12) que a governadora do Estado do Rio de Janeiro Rosinha Matheus será funcionária da emissora em 2007. A previsão é que, a partir de março, ela tenha um programa de entrevistas que seja exibido às 11h somente no Rio de Janeiro com uma hora de duração.

Segundo a assessoria de imprensa da Band, o programa deve focar em assuntos femininos. Rosinha ainda não teria assinado contrato, mas as negociações estariam avançadas. Marlene Matos seria a diretora e, atualmente, cenários e formato já são discutidos.


A Band ressaltou que o programa não será em horário independente ou político e sim um programa próprio. “A emissora considera que uma mulher que governou para 14 milhões de pessoas e que criou 9 filhos tem coisas interessantes a dizer”, informou a assessoria. O canal não informou o dia da semana em que o programa seria veiculado.

Fonte: Portal Comunique-se

Então é isso: durante 4 anos (ou 8… ou seriam 12?) o estado fica entregue às baratas, a violência tem aumentos SIGNIFICATIVOS, a educação fica pra lá de sucateada (como pode um professor receber menos de 2 salários? Pior, pegue um contracheque de um pobre educador e você vai ver que o problema não é nem só a falta de reajuste há séculos. Confira a diferença entre os salários de 2001, 2002 e 2003 e verá que a miséria chamada pelo estado de “pagamento” na verdade DIMINUIU nesse tempo!)…
Mas tudo bem. Uma meia dúzia de projetos populistas (sei lá o quê por R$1,00, “café da manhã popular” em uma ou outra estação de trem) e… tá tudo legal!
Ainda não é dessa vez que a dona-de-casa que esteve sob o título de “governadora” durante 4 longos e sofríveis anos vai sumir dos holofotes e voltar a ser simplesmente a esposa daquele outro carinha lá.

Depois reclamam quando o povo critíca a qualidade da televisão aberta no Brasil…

cadeia?!

outubro 18, 2006

Que história é essa de que a PF vai começar a perseguir quem BAIXA mp3?! Qual é a dessa palhaçada agora?
Falta do que fazer certamente não é, afinal, os dólares do PT – pra ficar em apenas um exemplo – ainda são um mistério.

Agora querem transformar em criminosos pessoas como você e eu.
Conseguiram bem inverter a regra do jogo…